Cerca de um ano e meio depois de quase ser preso por conta do não pagamento da pensão alimentícia de seus dois filhos com Cristina Pirv, Nicoll e Patrick, o ex-jogador de vôlei Giba teve novo mandado de prisão de 60 dias expedido devido à mesma questão.

A defesa do jogador, porém, conseguiu um habeas corpus de cinco dias, evitando o encarceramento temporariamente