Adriana Vilela acaba de ser condenada como mandante do assassinato dos pais, o ex-ministro do TSE, José Guilherme Vilela e sua esposa, Maria Vilela, além da empregada do casal. Daqui a pouco o juiz vai anunciar a sentença.