Por Irineu Tamanini: Na noite desta segunda-feira (5) o ex-presidente do STF e do TSE, o genial ministro José Paulo Sepúlveda Pertence foi homenageado com a medalha Teixeira de Freitas, principal honraria do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB). A saudação foi feita pelo competente, honrado, seu amigo de várias décadas, ministro Luis Roberto Barroso.

No discurso de saudação, que emocionou a todos que estavam presentes no Plenário histórico do IAB, tive a felicidade de ser citado pelo meu trabalho jornalístico desenvolvido junto a esse mineiro de Sabará, e torcedor “doente”do Atlético Mineiro. Não tenho palavras para agradecer a lembrança. Estou na profissão há 43 anos, boa parte assessorando presidentes do STF, STJ, TST, TSE e também do Conselho Federal da OAB.

Trecho do discurso do ministro Barroso no Plenário histórico da IAB:

Uma contribuição preciosa do Ministro José Paulo Sepúlveda Pertence foi ter de certa forma inaugurado, ou pelo menos ampliado de maneira expressiva, a comunicação do Poder Judiciário coa sociedade. Havia uma tradição de o Judiciário se manter distante da cidadania, como se precisasse ficar imunizado do contato com a sociedade, resguardado em uma torre de marfim, elitista e distante do sentimento social. Com a ajuda do Irineu Tamanini, um discreto ás da comunicação social, Pertence mudou completamente essa percepção. E aqui é preciso uma reflexão importante, que José Paulo sempre soube fazer.