O presidente do Sindicato dos Servidores e Ordens de Fiscalização Profissional e Entidades Coligadas e Afins do Estado de Sergipe (Sindiscose), Igor Baima reuniu hoje (6) a diretoria da entidade para prestar contas da viagem que fez na última quarta-feira a Brasilia com o objetivo de acompanhar no STF o julgamento no Plenário da PEC 108.

Apesar de estar constando da pauta – a relatora é a ministra Cármen Lúcia – o processo nao foi chamado para julgamento pelo presidente da Corte, ministro Dias Toffoli. O julgamento deve acontecer em novembro. Para Igor Baima, a PEC 108 pretende desconstruir os conselhos profissionais.

Na reunião com a da diretoria do Sindiscose, Igor Baima tratou aninda do Regime Jurídico Único, Grito dos Excluídos, Congresso da CSP-Conlutas, Reforma da Previdência, andamento das ações e negociações com os conselhos profissionais.