O juiz da Vara de Execuções Criminais da Comarca de Contagem (MG), Wagner Cavalieri determinou a transferência do detento Marcos Valério Fernandes de Souza para uma penitenciária em Minas Gerais onde ele possa cumprir o regime semiaberto.

O empresário está preso na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, que não conta com regime semiaberto. De acordo com o magistrado, Valério só poderá começar a cumprir o semiaberto quando for transferido.

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), autorizou na última quarta-feira (4) Valério progredir do regime fechado para o semiaberto. O empresário foi condenado a 37 anos de prisão no julgamento do mensalão do PT e, no regime semiaberto, poderá sair durante o dia para trabalhar.