Do desembargador federal Jorge Maurique, ex-presidente da Associação dos Juízes Federais (Ajufe) sobre projeto do deputado Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) integrando a Justiça do Trabalho à Justiça Federal:

“Qual a justificativa? A Justiça f vem cumprindo a sua parte no que lhe compete. Tem dado boas respostas nas demandas que recebe. Não há sentido de unificação pois são matérias distintas, competências distintas definidas na CF. Cada um no seu quadrado! Tem projetos de lei que realmente suscitam dúvidas sobre seus propósitos. O autor do projeto e um jornalista, pouco afeito ao mundo do direito e isso explica a razão da proposição. Se fosse humorista eu diria que é uma piada de mau gosto mas como é jornalista, atribuo ao desconhecimento!

Ele ignora a boa experiência da Justiça Federal em seus mais de 50 anos de existência nessa segunda fase. Deveria perguntar ao governador do Rio de Janeiro, que é de seu partido e ex juiz federal, o que ele acha tecnicamente disso. Eu considero um grande equívoco absurdo. E um desrespeito ao parlamento que há pouco mais de uma década concluiu uma reforma do Poder Judiciário e onde existem partes ainda não votadas.”