Desde 2012, a Organização das Nações Unidas (ONU) definiu a data de 11 de outubro como o ‘Dia Internacional das Meninas’. O objetivo é alertar a sociedade sobre a necessidade de se ampliar as estratégias para eliminar as desigualdades de gênero em todo o mundo.

A data foi definida a partir de um projeto da ‘Plan International’, uma organização não-governamental que lançou o movimento #GirlsTakeOver, que no Brasil foi batizado com a tradução #MeninasOcupam. Uma das ações foi realizada no Ministério Público estadual da Bahia. Lorena de Araújo, 17 anos e Kéren Oliveira, 19 anos, ocuparam o cargo da procuradora-geral de Justiça Ediene Lousado.

Segundo um levantamento realizado pela Plan em 2014, intitulado ‘Por ser menina no Brasil: Crescendo entre direitos e violências’, das 1.771 meninas entre 6 e 14 anos que foram ouvidas, 76,8% lavam louça enquanto apenas 12,5% dos seus irmãos fazem a mesma atividade. Além disso, 65,6% das garotas já limpam a casa desde a infância, e apenas 11,4% dos seus irmãos são incluídos na tarefa doméstica.