Está nas mãos da justiça a decisão de decisão de decretar ou não a falência da Livraria Cultura, após parte dos credores rejeitarem o novo plano de recuperação judicial da livraria, durante assembléia na última segunda-feira.