Sessenta e três crianças do abrigo ‘Tarumã’ que fica no centro de Manaus, onde vivem famílias indígenas da etnia Warao, receberam brinquedos que foram doados por membros e servidores do Ministério Público do Amazonas (MPAM), durante campanha realizada pelo órgão.

A Procuradora-Geral de Justiça, Leda Mara Nascimento Albuquerque esteve no abrigo realizando a entrega com o apoio de servidores do MPAM e da Semasc, órgão da Prefeitura de Manaus responsável pelo acolhimento dos venezuelanos que chegam a capital. “Além de um dia religioso importante para todos nós, hoje é um dia em que nós manifestamos o nosso carinho pelas crianças e o Ministério Público por meio da ação solidária conseguiu reunir uma quantidade expressiva de brinquedos que nos permitiu atender dois abrigos venezuelanos.

Segundo a Semasc, existem atualmente na cidade mais de 400 crianças venezuelanas da etnia Warao, abrigadas em pontos apoiados pela Prefeitura de Manaus. Os abrigos do município foram criados depois que o fluxo migratório aumentou desde 2017. A iniciativa do MPAM ganhou reconhecimento e representou um dia de alegria para as crianças venezuelanas. “A presença do Ministério Público é sempre relevante para qualquer ação e fez toda a diferença com a aproximação dessa população, sensibilizando e fortalecendo e de encaminhamento para a garantia de direitos dessa população”, declarou a diretora da Semasc, Mirella Lauschner.