A Justiça peruana determinou a demolição de um hotel da rede Sheraton que estava em construção em Cusco, por destruir, durante as obras, muros incas de 500 anos em uma região considerada patrimônio cultural da Humanidade, noticiou a imprensa local.

A decisão do juiz encarregado do caso encerra um processo de três anos entre autoridades de Cusco (sudeste do Peru) e a empresa encarregada da obra, que em 2016 paralisou a construção do hotel de sete andares. (G1)