O ex-ator e assassino Guilherme de Pádua completará 50 anos de idade no próximo dia 2 de novembro. Natural de Belo Horizonte, o assassino da atriz Daniella Perez, em 28 de dezembro de 1992, no Rio de Janeiro, foi condenado a 19 anos e 6 meses de prisão em janeiro de 1997, por homicídio qualificado, com motivo torpe. Guilherme cumpriu menos de 7 anos na cadeia. Saiu da prisão em outubro de 1999, ou seja, está há 20 anos fora da cadeia.

Daniella Perez, morta aos 22 anos de idade, se estivesse viva, teria completado 49 anos no último dia 11 de agosto. Neta do falecido ministro Miguel Ferrante, do STJ, Daniella está enterrada no Cemitério São João Batista, em Botafogo, no Rio de Janeiro.