A 1ª Vara do Trabalho de Chapecó (SC) agendou para o dia 9 de outubro uma audiência de conciliação entre os representantes do frigorífico BRF e o Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias de Carnes (Sitracarnes) para renegociar a demissão de 571 empregados da empresa, realizada em julho. Atendendo a uma ação proposta pelo Ministério Público do Trabalho (MPT-SC), o juiz Carlos Frederico Fiorino Carneiro declarou a demissão como abusiva, já que a dispensa não foi negociada com o sindicato.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário