O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou hoje o mandato do governador do Sergipe, Belivaldo Chagas (PSD), por abuso de poder político e econômico ao usar a estrutura do Governo do Estado em favor de sua campanha. A perda do mandato também se estende para sua vice, Eliane Aquino.

No julgamento do TRE, que teve placar de 6×1 pela condenação, Belivaldo teve a inelegibilidade decretada por oito anos