A partir de segunda-feira (25) os três ministros do STF que irão dividir a bancada no TSE serão os seguintes: Luis Roberto (presidente), Luiz Fachin (vice) e Alexandre de Moraes.

Em sessão realizada por videoconferência nesta quinta-feira (21), o Plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) elegeu o ministro Alexandre de Moraes para o cargo de membro efetivo do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para o biênio 2020/2022. A vaga foi aberta em razão do término do mandato da ministra Rosa Weber, que atualmente preside o TSE.