Dois cartórios de Goiânia – do 1° Registro de Imóveis, de Igor França Guedes e de Protesto e Anexos, de Naurican Ludovico Lacerda – foram premiados na 13a edição do Prêmio de Qualidade Total Anoreg – PQTA, promovido pela Associação de Notários e Registradores do Brasil (Anoreg/BR). O prêmio, categoria diamante, reconhece os estabelecimentos que mais se destacaram na busca pela qualidade de gestão no país. O resultado foi divulgado durante o XIX Congresso Brasileiro de Di- reito Notarial e de Registro, realizado em Fortaleza (CE).

A avaliação dos destaques, que sempre é feita por entidade independente, tem por objetivo premiar serviços notariais e de registros públicos de todo o país que atendam aos requisitos de excelência e qualidade na gestão organizacional da serventia e na prestaçãode serviços aos usuários, conferindo-lhes a utilização de selo de qualidade conforme a categoria eventualmente atingida (diamante, ouro, prata ou bronze).

O prêmio contou pela primeira vez com a participação da Corregedoria Nacional de Justiça, do CNJ, que ratificou a assinatu- ra dos certificados dos premiados e elogiou a iniciativa da entidade. “É muito importante que a categoria faça esta auto avaliação, que busque estimular o aprimoramento contínuo dos serviços e que siga em um processo de evolução que benecie, não só os seus serviços, mas principalmente aqueles que são os destinatários dos serviços ex- trajudiciais”, disse o juiz auxiliar da Corregedoria Nacional de Justiça, Márcio Evangelista Fer- reira da Silva.

Os cartórios de Goiás vem se tornando referência na melhoria da e ciência dos serviços notariais e de registros públicos, como reflexo do único concurso unificado realizado no Estado (realizado em 2014). Isso impacta em toda a sociedade, pois tais serviços, tão importantes na prevenção de litígios e desafogamento do Judiciário, acaba re fletindo no cotidiano negocial que impulsiona o desenvolvimento econômico seguro.