Do juiz federal aposentado e atualmente advogado criminalista em Brasília, Pedro Paulo Castelo Branco sobre as queimadas na região amazônica. Pedro Paulo nasceu em Rio Branco, no Acre. Quando atuava como magistrado federal, Pedro Paulo ficou conhecido por ter determinado a prisão do então empresário Paulo Cesar Farias, o PC, e homem forte do presidente da República, Fernando Collor de Mello. Pedro Paulo foi o primeiro juiz a enfrentar de frente ä corrupção no país.

“A Amazonia sempre foi assim, cheio de queimadas nesta época de abril a setembro. Há 31 anos, quando tomei posse como Juiz Federal em Brasília, levei três dias de Brasília para Rio Branco(Ac), porque não pousava avião nem Porto Velho nem em Rio Branco por causa das queimadas na Amazônia e o fumaceiro era muito grande. Os aviões nem se arriscavam, a única companhia aérea que se arriscava era a VASP, com seus exímios comandantes. Tanto que troquei minha passagem da VARIG para a VASP, e pude chegar no dia 27 de agosto de 1988. Havia tomado posse como Juiz Federal em vinte e 25 de agosto de 1988. Só que não conhece a Amazônia fica fazendo esse alarde, para prejudicar o Brasil em seus negócios. Essa esquerda não se acostuma com a derrota na política. Repito, só quem não conhece a Amazônia.Tem queimada mas quando começam as chuvas, floresta e recuperada. Fui Juiz Federal em seis Estados: Acre, Rondônia, Amazonas, Pará. Roraima e Brasilia.