Do advogado Nicola Manna Piraino: “Quando um ex Procurador-Geral de Justiça afirma que iria assassinar um ministro do STF, em uma sessão do Tribunal, e depois se matar, constatamos que o fundo do poço é muito mais profundo, que imaginávamos. “