O presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB e ex-secretário de Justiça do Ceará, advogado Helio Leitão disse hoje (27) que a liberação da cannabis para uso medicinal precisa ser tratado sem preconceitos. “Esse tema precisa ser enfrentado no Brasil com serenidade e sem paixões”, disse Leitão.

Segue a declaração do presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB: “É um assunto que deve ser tratado sem preconceitos. Mesmo nos Estados Unidos, país berço da política do “ war on drugs”, mais da metade dos estados admite o uso da cannabis para fins medicinais. A humanidade tem que avançar sempre nas suas tenologias para buscar a cura das doenças e males que lhe afligem. Esse tema precisa ser enfrentado no Brasil com serenidade e sem paixões.”