O Poços de Caldas anunciou o goleiro Bruno Fernandes, ex-Flamengo, mandante do assassinato da modelo Eliza Samudio, como novo reforço. O clube disputará terceira divisão do Campeonato Mineiro 2020.

O acerto já estava encaminhado desde 13 de agosto, quando o Superesportes noticiou que as negociações estavam avançadas. Bruno aguardava liberação do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) para ser anunciado.

Conforme decisão da Justiça, Bruno precisará de autorização do Poder Judiciário para jogar fora da comarca de Varginha, onde cumpre pena. Ele também precisará treinar na cidade vizinha a Poços de Caldas.

Além disso, o goleiro precisará de autorização caso as partidas sejam no período entre 20h e 6h, já que, neste intervalo de tempo, Bruno precisa estar em casa.