O ministro Rogério Schietti, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), votou hoje (28) para que militares sejam julgados pelo atentado a bomba no Riocentro, em 1981.

Ele votou no julgamento de recurso em que o Ministério Público Federal (MPF) tenta reabrir o processo criminal do caso. A análise do recurso foi suspensa por um pedido de vista (mais tempo para analisar o caso) do ministro Reinaldo Soares da Fonseca.