Do ex-presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Reginaldo Oscar de Castro sobre a proposta do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel de recorrer à Comissão de Segurança da ONU para pedir o fechamento da fronteira do Brasil com a Bolívia, Colômbia e Paraguai. Segundo o governador, a medida é uma tentativa de barrar o tráfico de armas e drogas:

“Não consegui definir a fantasia que ele está usando. É do Rambo? Acho que ficaria mais adequada a farda e o chapéu do Napoleao Bonaparte, passeando com a Josephina, com a mão na barriga. É um potencial companheiro de quarto do Rodrigo Janot, no manicômiobrás que deveríamos criar em Pindorama. Quantos quartos seriam necessários?”