O ex-governador do Rio Sérgio Cabral (MDB) foi condenado a mais 18 anos de prisão pelo juiz Marcelo Bretas hoje (30). É a 10ª condenação de Cabral na 1ª instância. Desta vez, ele foi julgado culpado na Operação Ratatouille, desdobramento da Lava Jato fluminense.

A ação denunciou pagamento de propina no fornecimento de merenda escolar e prisional. As condenações de Cabral na primeira instância agora chegam a 215 anos e 11 meses de prisão.