Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Artista global

Neto do saudoso senador Teotônio Vilela, o Menestrel das Alagoas, o deputado federal alagoano Pedro Vilela (PSDB) denunciou que o povo nordestino foi vítima de mais um ato de estupidez preconceituosa, protagonizado pela atriz Alexia Dechamps. Antes do início da audiência pública que debateu a regulamentação da vaquejada na Câmara dos Deputados, Vilela discutiu com a atriz da Rede Globo e, em seguida, denunciou que ela deveria ser enquadrada pela prática de crime de racismo.

Prisão de empresário

A Polícia Federal (PF) cumpriu, hoje (25), no Aeroporto Internacional de Guarulhos (SP), mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da 13ª Vara Federal de Curitiba, contra Mariano Marcondes Ferraz, empresário vinculado aos grupos Trafigura e Decal. O empresário embarcaria em voo internacional para Londres (Inglaterra) à noite.

Processo contra desembargador

O plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) abriu Processo Administrativo Disciplinar contra o desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo Luiz Beethoven Giffoni Ferreira. A decisão, por maioria de votos, foi tomada na 240ª Sessão Ordinária do Conselho em relação à sindicância aberta contra o magistrado, que envolve irregularidades na condução da ação de falência da empresa Petroforte.

Idosos em 2060

A população brasileira está envelhecendo e, segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), pode chegar a 19 milhões de pessoas com mais de 80 anos em 2060. Esse contingente, se comparado aos dados atuais, perderia apenas para a população total de São Paulo e Minas Gerais.