Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Contrato em branco

Uma empresa do ramo de vendas de chip telefônico de Goiânia vai ter de indenizar em R$ 3 mil a uma promotora de vendas que foi obrigada a assinar documento em branco no momento da contratação. A decisão foi da 2ª Turma do TRT de Goiás, que manteve a sentença da 2ª Vara do Trabalho de Goiânia, entendendo que a empresa se valeu do seu poderio econômico ao obrigar a empregada a assinar em branco o contrato de experiência e de prorrogação, “o que lhe causou dor moral, sujeitando-se à humilhante situação para garantir a contratação”.

Cartas aos presos

O juiz João Marcos Buch, da Vara de Execuções Penais de Joinville, no norte catarinense, enviou aos detentos do município uma carta com mensagem de fim de ano que teve milhares de curtidas e centenas de compartilhamentos nas redes sociais. No texto, o magistrado diz que atua para fazer com que os presos não fiquem atrás das grades além do tempo estabelecido pela justiça e que ele mesmo é vítima da falta de comentários odiosos e agressivos.

Juiz de Garantias

Por determinação do presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Joaquim Figueiredo, foi criada, no âmbito do Poder Judiciário Estadual, uma Comissão de Estudo para analisar a criação do Juiz de Garantias, que será responsável pelo controle da legalidade da investigação criminal e pela salvaguarda das inviolabilidades pessoais.

Justiça Itinerante

A 8ª Vara do Juizado Especial – Justiça Itinerante de Campo Grande divulgou o balanço dos atendimentos em 2019. Nas duas unidades móveis, que atendem 16 bairros foram realizados 37.446 atendimentos. Coordenado pelo juiz Cezar Luiz Miozzo, o serviço é levado para bairros afastados da região central, com grande número de moradores.