Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Aviso prévio garantido

Por unanimidade, a Segunda Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (MS) manteve a decisão da 4ª Vara do Trabalho de Campo Grande que condenou um banco a pagar o aviso prévio proporcional à trabalhadora demitida sem justa causa após 24 anos de serviço.

Vivo condenada

A Telefônica Brasil S/A (Vivo) foi condenada a pagar indenização por danos morais no valor de R$ 12 mil a uma cliente que foi xingada por funcionária da central telefônica de atendimento. A decisão é do juiz Rômulo Vasconcelos de Albuquerque, da Comarca de Água Branca (Alagoas).

Conciliação trabalhista

Até a próxima sexta-feira (17) juízes e magistrados dos tribunais regionais do Trabalho de todo o país participam da 2ª Semana Nacional da Conciliação Trabalhista. Com o slogan “Conciliação: você participa da solução”, o mutirão começou hoje (13) e tem como objetivo solucionar processos trabalhistas promovendo o acordo entre patrões e empregados. Para o vice-presidente do Conselho Superior da Justiça do Trabalho), ministro Emmanoel Pereira, a conciliação é a melhor maneira de solucionar litígios, e a prática acelera o processo judicial. “Todos ganham com essa prática, a começar pelas partes que vão ter suas querelas resolvidas de forma célere.”

Sem dó, nem piedade

A ex-vereadora de Feijó, no Acre, Marleidy da Silva Dourado, denunciada ao Judiciário pelo Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) pela morte do marido, José Nilson Thaumaturgo Ferreira, foi presa em Rio Branco e encaminhada para o presídio Francisco D’Oliveira Conde, onde deve cumprir a pena.