Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Caso Daniela Perez

O ex-ator e assassino Guilherme de Pádua completará 50 anos de idade no próximo dia 2 de novembro. Natural de Belo Horizonte, o assassino da atriz Daniella Perez, em 28 de dezembro de 1992, no Rio de Janeiro, foi condenado a 19 anos e 6 meses de prisão em janeiro de 1997, por homicídio qualificado, com motivo torpe. Guilherme cumpriu menos de 7 anos na cadeia. Saiu da prisão em outubro de 1999, ou seja, está há 20 anos fora da cadeia.

Eleição de 1989

Presidida pelo então ministro Francisco Rezek, a eleição presidencial de 1989 teve seu primeiro turno realizado em 15 de novembro (data que marcava o centésimo aniversário da proclamação da República) sendo a 25.ª eleição presidencial do Brasil. No total, 22 candidatos a Presidente e 22 a Vice-presidente do Brasil concorreram na eleição. Os principais candidatos à presidência foram: Fernando Collor de Mello (PRN, atual PTC), Luís Inácio Lula da Silva (PT), Leonel Brizola (PDT), Mário Covas (PSDB), e Paulo Salim Maluf (PDS, atual Progressistas).

Caiu a máscara

Do jornalista Cezar Motta hoje (17) em sua página no Facebook: “Caiu a máscara de estadista do Rodrigo Maia. O projeto da lei eleitoral passou na Câmara às escondidas, com todas as pilantragens sobre uso do fundo partidário etc.

Igualando oportunidades

O Procuradora-Geral do Trabalho nos biênios 2003 a 2007 e conselheira do CNJ no biênio 2009/2011, Sandra Lia Simón teve a oportunidade de conhecer, no último final de semana, em Brasília, o curso “Igualando oportunidades Trabalho e Cidadania”, destinado a jovens negras e negros do Distrito Federal.