Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

A bomba da OAB

Dados históricos: no dia 27 de agosto de 1980 um fato marcou a vida do país. Neste dia, explodia uma bomba na sede do Conselho Federal da OAB ( a sede ainda era no Rio de Janeiro ) vitimando a secretária do presidente da entidade na época, Eduardo Seabra Fagundes. O seu vice-presidente era o advogado Sepúlveda Pertence, futuramente Procurador-Geral da República, presidente do STF e do TSE.

Riocentro e a OAB

Dados históricos: na noite do dia 30 de abril de 1981, por volta das 21h15, explodiu a bomba que poderia ter matado milhares de jovens no Riocentro, no Rio de Janeiro. Na época quem presidia a OAB Nacional era o advogado Bernardo Cabral que anos depois, eleito Senador da República, se tornara relator da Assembleia Nacional Constituinte e depois ministro da Justiça.

Fischer terá alta sábado

Internado desde o dia 25 de julho, no Hospital Brasília, após sofrer embolia pulmonar em sua residência, o ministro Felix Fischer, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) deverá ter alta no próximo sábado (31). Fischer é o relator das ações da operação Lava Jato no STJ desde dezembro de 2015.

Grave crise de imagem

Do ex-juiz federal e hoje sócio em PVG – Periman Vidigal Godoy Advogados, Luciano de Souza Godoy ao comentar entrevista concedida pelo diplomata e ex-ministro da Fazenda, Rubens Ricupero para o jornal O Globo. Para Godoy, uma ótima avaliação” de Ricupero. Ele destacou o seguinte ponto da entrevista: