Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Projeto Apadrinhar

O Juizado da Infância e da Juventude da Comarca de Viamão, no Rio Grande do Sul, em uma iniciativa conjunta do Tribunal de Justiça e do Ministério Público, apresentou, no Salão do Júri, o projeto Apadrinhar, que a partir de agora passa a ter um cadastro unificado, mais segurança jurídica e transparência.

Participação da mulher

A participação da mulher no TRT da 14ª Região sempre foi de destaque nestes 32 anos de atuação da Justiça do Trabalho em Rondônia e Acre. Em percentual, elas representam 44,03% dos magistrados, 41,23% dos servidores e tem maioria entre os estagiários, somando 64,74%.

Canuto no CNJ

O Senado Federal aprovou o nome do desembargador federal Rubens Mendonça Canuto Neto para integrar o Conselho Nacional de Justiça. Foram 59 votos a favor, quatro contra e duas abstenções. Com a aprovação do Senado, Canuto deve ser nomeado pela Presidência da República como conselheiro do CNJ.

Mais transparência

O ex-juiz de Direito e um dos redatores da Lei da Ficha Limpa, advogado Márlon Reis entregou ao senador Randolfo Rodrigues (Pede-AP) parecer favorável ao PLS (Projeto de Lei do Senado) 429/2017, da qual é relator, que obriga os partidos políticos a cumprirem uma série de normas para aumentar a transparência e evitar a corrupção.