Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Uma mulher no comando

O dia 23 de julho de 2019 ficará na memória da advocacia catarinense. Com o Plenário da Seccional lotado, a advogada militante de Jaraguá do Sul e secretária-geral adjunta da Seccional catarinense, Luciane Mortari, assumiu no período de licença do presidente Rafael Horn, a interinidade da presidência que também será exercida em alternância pelo secretário-geral Eduardo de Mello e Souza.

Dados falsos

O servidor do INSS Celso Milli da Cunha foi condenado pela Justiça Federal no Rio Grande do Norte por inserir dados falsos no Cadastro Nacional de Informações Sociais. A fraude, que consistiu em informar tempo de serviço inexistente para Valdina Guerra da Silva, gerou um prejuízo aos cofres públicos no valor de R$ 103.289,29.

Eleição sem rede social

Para divulgar suas candidaturas à vaga de desembargador do Tribunal de Justiça pelo Quinto constitucional da OAB do Distrito Federal, os candidatos, após a definição da lista de 12 nomes escolhidos pelos membros do Conselho Seccional, não poderão fazer uso de sítio eletrônico próprio ou de terceiros.

Dia 2 de agosto

O Conselho Pleno da Seccional da OAB do Distrito Federal vai escolher no próximo dia 2 de agosto – uma sexta-feira – os 12 candidatos que participarão da consulta direta à advocacia, quando todos os inscritos na seccional, desde que devidamente habilitados, vão às urnas escolher seis dentre os nomes definidos pelos conselheiros.