Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Rede de Governança

Durante reunião na Justiça Federal no Rio Grande do Norte, os Diretores do Foro das Seções Judiciárias decidiram criar uma Rede de Governança no âmbito da Associação dos Juízes Federais. O colegiado traz como agenda a discussão sobre autonomia financeira e administrativa das Seções, compartilhamento de idéias, gestão de crises orçamentárias e análise de desafios impostos pelas novas tecnologias.

Da terra de Pelé

Nascido no município mineiro de Três Corações – mesma cidade onde nasceu Pelé – o ministro João Otávio de Noronha será o novo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em sessão promovida hoje (6) os ministros escolheram Noronha, por aclamação, e a ministra Maria Thereza de Assis Moura como vice-presidente. Eles estarão à frente do STJ pelo biênio 2018-2020. A posse da nova Presidência deve ocorrer no fim de agosto.

Prisão em Búzios

A Justiça do Rio de Janeiro determinou a prisão do ex-prefeito de Armação dos Búzios, na Região dos Lagos, Delmires de Oliveira Braga, conhecido como Mirinho Braga. Também foram condenados o ex-presidente da Câmara, Fernando Gonçalves dos Santos, e o empresário Sinval Drummond Andrade.

Um novo livro na praça

O advogado brasiliense Leonardo Fernandes Ranña lança, na próxima segunda-feira (18), o livro “Ordem pública nos recursos extraordinário e especial”, com prefácio do próximo presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Joao Otávio de Noronha. A apresentação do livro ficou a cargo do ministro aposentado do STJ, Eduardo Ribeiro de Oliveira. A cerimônia de…