Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Violência no trabalho

Como enfrentar e superar as violências no trabalho será o tema de um congresso realizado pelo Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul, em Corumbá. O evento vai reunir profissionais de diferentes áreas para discutir questões relacionadas ao assédio moral, assédio sexual, discriminações de gênero, violência organizacional, trabalho infantil e trabalho escravo e as formas de atuação em defesa da saúde, dos direitos humanos e sociais do trabalhador.

Sem posto e patente

Um capitão do Exército foi declarado indigno para o oficialato, com consequente perda de posto e patente, após ser julgado no Superior Tribunal Militar (STM). O militar foi condenado no Tribunal pelo crime de estelionato, artigo 251 do Código Penal Militar (CPM), após ter se envolvido em práticas ilícitas por cinco anos, período no qual foram desviados mais de 10 milhões e 800 mil reais da Administração Militar.

Criação do território do Amapá

O Tribunal de Justiça do Amapá funcionará somente em regime de plantão no feriado estadual da próxima quinta-feira (13), data que marca a criação em 1943 do ex-território federal do Amapá. Os prazos processuais que iniciam ou finalizam nessa data serão prorrogados para o dia útil subsequente.

Lua: Comunicação e Justiça

O diretor de comunicação do Tribunal de Justiça do Maranhão e ex-assessor de imprensa da Seccional da OAB e da CNBB, jornalista e etnomusicólogo Antonio Carlos Oliveira, mais conhecido como “Lua”, irá lançar, na próxima quarta-feira, dia 12, em São Luis (MA), o livro “Comunicação e Justiça”- Dilemas da cidadania na sociedade contemporânea. O livro conta com o apoio da Escola Superior da Magistratura do Estado do Maranhão (Essman).