Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Nepotismo e ‘fantasmas’

O Ministério Público de Goiás encaminhou recomendação ao prefeito de Luziânia (GO), Cristóvão Tormin; ao superintendente do Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores do Município de Luziânia (Ipasluz), Fabiano Pacífico, e ao presidente da Câmara Municipal, Paulo César Feitosa, para que procedam à imediata exoneração de 51 servidores em situação de nepotismo ou como “fantasma”. A orientação é para que sejam a exonerados 43 servidores da prefeitura, 5 do Ipasluz e 3 da Câmara de Vereadores.

PM transexual

Pela primeira vez nos seus quase dois séculos de história, a Polícia Militar de São Paulo conta com um policial transexual. Emanoel Henrique Lunardi Ferreira, o soldado Henrique, de 24 anos, trabalha em Ituverava, na região de Ribeirão Preto.

Venezuelanos condenados

Pela prática do homicídio, contra Valdson Luiz da Silva, de 31 anos, foram julgados e condenados os imigrantes venezuelanos, Dima Hidrogo de Jesus Sanches, de 36 anos, e Kevin José Caraballo Rocca, de 21 anos. Eles irão cumprir uma pena de 14 anos por homicídio qualificado com o agravante de motivo fútil, que dificultou a defesa da vítima. Essa é a primeira vez que ocorre o julgamento e condenação de imigrantes em Roraima. Para o Tribunal do Júri, foi disponibilizada uma interprete e tradutora de espanhol durante os trabalhos.