Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Justiça Fluvial

O Arquipélago do Bailique, distante cerca de 180 quilômetros de Macapá recebe até sexta-feira (8) a 129ª Jornada Fluvial da Justiça Itinerante, uma iniciativa do Tribunal de Justiça do Amapá, que tem como objetivo principal levar cidadania às comunidades mais distantes da capital do Amapá. A coordenação do programa é do juiz Luciano Assis, que estima a realização de mais de centenas de atendimentos durante os seis dias de jornada.

Crime do tijolo

Um ex-prefeito de Plácido de Castro (Acre) foi condenado pelo Juízo Único da Comarca do município, a prestar de serviços à comunidade pelo tempo da pena privativa de liberdade (dois anos e seis meses), com carga horária da de 8 horas semanais, além de ficar inabilitado pelo prazo de cinco anos para exercício de cargo ou função pública, eletivo ou de nomeação, por ter cometido o crime de responsabilidade quando emprestou 90 mil tijolos para empresário local, sem empregar qualquer formalidade ou licitação.

“Secadores” do Grêmio

Para poder assistir ao jogo do Grêmio na semifinal do Mundial de Clubes na próxima terça-feira (12), o juiz gaúcho Marcelo da Silva Carvalho decidiu adiar uma audiência na comarca de Vera Cruz. O objetivo, segundo ele, seria ajudar tanto torcedores como adversários “secadores” no horário da disputa, às 15h (horário de Brasília).

Sport é o campeão

O campeão do Campeonato Brasileiro de 1987 é o Sport Clube Recife, reafirmou hoje (5) o Supremo Tribunal Federal. A 1ª Turma da Corte rejeitou de forma unânime os embargos de declaração do Flamengo, que naquele ano venceu um torneio disputado pelos principais clubes, mas que não foi organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).