Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Auxílio-moradia

A Controladoria-Geral da União (CGU) apontou, por meio de uma auditoria, o pagamento irregular do auxílio-moradia para policiais militares e bombeiros casados no Distirto Federal. Mesmo vivendo juntos, esses casais receberiam o benefício duas vezes.

Advogado de renome

De um conceituado advogado sobre a prisão hoje (23), pela Polícia Federal, do advogado gaúcho mas radicado há vários anos no Rio de Janeiro, Sergio Fichtner: “O Regis não precisava entrar nessa bandalha. Advogado de renome, professor da Uerj, fez estudos no exterior, tem livros e estudos publicados. Lamentável !”

Fichtner e a PUC-RJ

O ex-chefe da Casa Civil do Rio de Janeiro Régis Fichtner, no governo do ex-governador condenado Sérgio Cabral, preso hoje (23) pela Polícia Federal, Régis Velasco Fichtner Pereira (Porto Alegre, é gaúcho de Porto Alegre onde nasceu no dia 2 de fevereiro de 1964). Advogado e político, Fichtner é formado em direito pela PUC-Rio, da qual tornou-se professor. É procurador do Estado do Rio de Janeiro desde 1990.