Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Ficha suja

Atendendo a pedido do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), o vereador e advogado Aldervan Souza Cordovil, da Câmara Municipal de Coari, teve sua inscrição na Ordem dos Advogados no Brasil (OAB-AM) suspensa por determinação da Justiça. O titular da 1ª Promotoria de Justiça de Coari, Promotor de Justiça Weslei Machado, requereu a aplicação de uma medida cautelar diversa da prisão, qual seja, a suspensão do direito de advogar, em razão do uso da profissão de advogado como meio para a prática de crimes.

Novo presídio

O Ministério da Justiça e Segurança Pública prevê, em seu orçamento para 2018, a liberação de R$ 22,5 milhões para a implantação de uma unidade prisional de segurança máxima no km 22 da estrada que dá acesso às obras da Cidade Universitária da Universidade do Estado do Amazonas (UEA). A estimativa é de que os…

Alemão e “Boi”

O mentor do furto ao Banco Central, ocorrido em Fortaleza no ano de 2005, Antônio Jussivan Alves, o “Alemão”, foi transferido de um presídio no Ceará para a Penitenciária Federal de Catanduvas, no estado do Paraná. Além de Antônio Jussivan, também foi transferido do Ceará o preso Antônio Carlito Avelino, conhecido como “Boi”. Ele foi levado do sistema carcerário cearense para a Penitenciária Federal de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.