Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Julgamento importante

O plenário do STF vai analisar nesta quarta-feira a chamada candidatura avulsa, em que pessoas que não são filiados a partidos políticos podem se candidatar. A antecipação da discussão pelo ministro relator, Luís Roberto Barroso, leva em conta o fato de que sábado, dia 7, um ano antes do pleito de 2018, se encerra o prazo para mudanças no sistema eleitoral. Na semana passada, juiz de Goiás proferiu decisão favorável aos candidatos independentes, aumentando a expectativa quanto à definição pela Corte Suprema.

Candidatura avulsa

A nova procuradora-geral da República, Raquel Dodge, enviou ao Supremo Tribunal Federal parecer favorável ao pedido de um político para que a Corte considere constitucionais as candidaturas avulsas, ou seja, sem filiação partidária. O parecer foi encaminhado porque o tema está na pauta de julgamento do STF desta quarta-feira (4). O caso é o do…

Inauguração do escovódromo

A manhã da última sexta-feira foi dedicada à saúde bucal e mobilização dos pais a participarem de atividades escolares na escola Santana do Aurá, localizada nos arredores do antigo lixão, na Região Metropolitana de Belém. Na ocasião, foi inaugurado o escovódromo da escola, onde os alunos tiveram uma aula de higiene bucal. Os pais dos alunos também assistiram a uma palestra, com o intuito de mobilizar as famílias a participarem das atividades da escola. A programação foi organizada pelo Comitê de Ação Social e Cidadania do Tribunal de Justiça do Pará, sob a coordenação do desembargador vice-presidente do TJPA, Leonardo de Noronha Tavares.

Torcedores presos

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu dois membros da torcida organizada Força Jovem Vasco, que está banida dos estádios. Diogo Gabriel de Souza e João Victor Correia Giffoni Hygino foram presos por tentativa de homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, forma cruel e impossibilidade de defesa), associação criminosa e promoção de tumulto em eventos esportivos. Além deles, David Paiva Mendes e Diego Augusto Carvalho Ribeiro são procurados pela Polícia pelos mesmos crimes praticados contra o torcedor do Fluminense Pedro Scudieri.