Jornalista no eixo Brasília-Rio de Janeiro.

Emendas à Constituição

Para que, em 1988, a Constituição conseguisse incluir nas 315 páginas todos os princípios e direitos que a sociedade demandava, foram necessários quase 20 meses de discussão em oito comissões e 24 subcomissões no Congresso. Todos os assuntos essenciais para um país que acabava de retomar a democracia foram abordados, alguns até exaustivamente, o que não significa que a Carta Magna é perfeita e imutável. Além das 106 mudanças que já foram incorporadas ao texto desde que ele foi promulgado, sendo 99 delas do tipo ordinário – seis foram de revisão, além de um tratado internacional -, tramitam hoje 1,5 mil propostas de emendas à Constituição no Congresso.

Ex-presidentes do STF

O Supremo Tribunal Federal tem atualmente onze ex-presidentes da Corte que já penduraram a toga e ainda estão vivos. Segue a relação dos mais antigos para os mais novos: ministros aposentados Moreira Alves, Neri da Silveira, Sydney Sanches, Octávio Gallotti, Sepúlveda Pertence, Carlos Velloso, Nelson Jobim, Ellen Gracie, Cezar Peluso, Ayres Britto e Joaquim Barbosa

Filhos roqueiros

Os integrantes da banda de rock brasiliense “Scalene” Tomás Bertoni e seu irmão Gustavo Bertoni são filhos do ministro da Justiça, o advogado Torquato Jardim. Considerado um dos maiores especialistas em direito eleitoral do país, Torquato já foi ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na vaga destinada a jurista de 1988 a 1996 e ministro da Transparência, Fiscalização e CGU de 2016 a 2017.

Bancadas no Supremo

Todos os segmentos da justiça brasileira – exceto a justiça federal – estão representados na atual composição do Supremo Tribunal Federal (STF). A classe dos advogados é que tem o maior número de ministros: Carmen Lúcia, Dias Toffoli, Luis Roberto Barroso, Luiz Fachin e Alexandre de Moraes.