Até na cachaça e na linguiça

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES), por meio da Promotoria de Justiça Cumulativa de Nova Venécia, pediu aumento da pena do vereador Flamínio Grillo e do ex-presidente da Câmara de Vereadores do município, Geraldo Ribeiro Filho. O MPES constatou e provou no processo que Flamínio, na condição de presidente da Câmara Municipal de Nova Venécia, realizou gastos com a compra de elevada quantidade de cervejas, cachaça, carnes bovinas e linguiça. As despesas não eram destinadas ao Poder Legislativo Municipal.

Veja mais

Dupla Gre-Nal

A relação muitas vezes violenta entre torcidas organizadas foi o tema de audiência de conciliação no Juizado do Torcedor e Grandes Eventos, sob a coordenação do Juiz Marco Aurélio Martins Xavier. O encontro no Foro Central reuniu representantes das organizadas gremistas Geral, Velha Guarda e Super Raça Gremista – única sem vínculo oficial com o clube, do Ministério Público e do próprio Grêmio.

Veja mais