Mãe usa filho de colo

Em fiscalização nas ruas de Belém, o Comissariado da Infância e Juventude da 1ª Vara da Infância e Juventude da capital resgatou duas crianças, uma de colo, de 1 ano e 4 meses, e outra de 11 anos, com a mãe em situação de risco e vulnerabilidade social. A mãe, que teve a identidade preservada por questões legais, usava os filhos para pedir esmola em sinais de trânsito no bairro do Umarizal. Ela foi notificada e as crianças encaminhadas para um abrigo pelo Conselho Tutelar.

Veja mais

Agredida na escola

A 13ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) condenou o Sistema Pitágoras Educação Superior LTDA. a pagar indenização de R$ 50 mil, por danos morais, à mãe de uma aluna, porque a criança, de 1 ano e 9 meses, foi ferida dentro de uma das escolas da instituição em Belo Horizonte. A decisão manteve integralmente o que foi arbitrado em primeira instância.

Veja mais

Embolia pulmonar

O Juízo da 3ª Vara Cível da Comarca de Rio Branco (AC) deferiu pedido de tutela provisória de urgência antecipada, formulado nos autos de Ação de Obrigação de Fazer em favor de um paciente com embolia pulmonar, determinando que a Unimed Rio Branco Cooperativa de Trabalho Médico arque com todos os custos da internação na UTI de um Hospital da capital Acreana.

Veja mais

Diplomata mata capixaba

O diplomata espanhol J.F.L., acusado de matar sua esposa, a capixaba R.J.L., foi pronunciado pelo juiz da 1ª Vara Criminal de Vitória, Marcos Pereira Sanchez, e deverá ir a júri popular. A decisão é de primeiro grau, cabendo recurso da defesa do réu às Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES). O crime aconteceu em maio de 2015.

Veja mais