Valorização da magistratura

O ex-presidente do TST, ministro aposentado Ronaldo José Lopes Leal, assinou a Carta Aberta pela Valorização da Magistratura Nacional. A carta ressalta que a Magistratura e o Ministério Público foram as únicas carreiras de Estado não contempladas recentemente com qualquer reajuste em seus vencimentos. Também informa que nos últimos 13 anos há uma perda acumulada de cerca de 40% no valor dos subsídios da categoria, agravada em cerca de 3% pela recente majoração da contribuição previdenciária.

Veja mais

Linha do Metrô

O procurador-geral de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem, recebeu o governador Luiz Fernando Pezão e o secretário estadual de Transportes, Rodrigo Vieira. O encontro foi realizado para debater os meios pelos quais poderia ser retomada a construção da Estação Gávea, da Linha 4 do Metrô. O Ministério Público do Estado do…

Veja mais

Racismo na terra de Dodge

A promotora de Justiça Jonisy Ferreira Figueiredo instaurou inquérito civil público para apurar notícia apresentada ao Ministério Público em Morrinhos, em Goiás, relativa a possível conteúdo de incitação ao racismo e discriminação racial, em prova de concurso da prefeitura local, realizada no dia 13 deste mês. A investigação visa promover a coleta e informações e…

Veja mais

Destruição de armas

O Judiciário de Minas Gerais realizou a destruição de 4.120 armas de fogo, entre elas revólveres, pistolas e simulacros, como armas caseiras ou de plástico. Todo esse material fazia parte do acervo dos fóruns em Minas Gerais e não era mais necessário para a condução dos processos judiciais dos quais ele fazia parte.