Violência obstétrica

Relatos de mulheres sobre a proibição de acompanhante na sala de parto, xingamentos ou humilhações contra as mães no momento do nascimento do filho, além de procedimentos inadequados à mulher em estado gravídico, são alguns dos exemplos mais comuns de violência obstétrica.

Povos indígenas

O presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC), em exercício, desembargador Francisco Djalma, e o diretor da Escola do Poder Judiciário (ESJUD), desembargador Roberto Barros, receberam, na sede do TJAC, em reunião de trabalho, o juiz federal David Pardo, representante da Escola Nacional de Formação de Magistrados (ENFAM).