Presente de grego

O deputado federal pelo Amazonas Carlos Souza (PP-AM), protestou na sessão da Câmara Federal contra a construção de um presídio de segurança máxima no Estado do Amazonas. O deputado disse que a obra seria um “escritório do crime organizado”, e também que o presídio seria como um “presente grego” à população de Iranduba e do Amazonas que o governo Temer daria.

Veja mais

Morte de travesti

A juíza titular da 1ª Vara do Júri, Danielle Pontes de Arruda Pinheiro, de Fortaleza (CE) pronunciou cinco acusados pela morte da travesti Dandara dos Santos: Francisco José Monteiro de Oliveira Júnior (vulgo Chupa Cabras), Jean Victor da Silva Oliveira, Rafael Alves da Silva Paiva (vulgo Fael ou Buiu), Júlio César Braga da Costa e Isaías da Silva Camurça (vulgo Zazá).

Veja mais

Golpe nas sacoleiras

O Juízo 4° Vara Criminal da Comarca de Rio Branco (AC) condenou S.O.A. a prestar serviço à comunidade por oito horas semanais, durante o tempo da pena (um ano e dois meses), além de limitação de fim de semana, pelo acusado ter cometido o crime de estelionato continuado, aplicando golpe em duas revendedoras de roupas, quando se passou por funcionário de empresa fornecedora de confecções e recolhia nas casas das sacoleiras as peças não vendidas por elas.

Veja mais

Secretário preso

O promotor de justiça e atual secretário de Educação de Macapá, no Amapá, Moisés Rivaldo, que também é empresário, foi conduzido, hoje (30), para a sede da Polícia Federal do Amapá durante o cumprimento de mandados da “Operação Minamata”. A operação tenta desarticular um grupo acusado de exploração predatória de ouro.

Veja mais