O juiz do WhatsApp

“O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) com a decisão da ministra Nancy Andrigui afastou o preconceito e confirmou altivez do juiz sergipano.” A afirmação é do presidente da OAB de Sergipe (OAB-PE), Henri Clay Andrade, ao tomar conhecimento da decisão da corregedora nacional de justiça de arquivar a representação contra o juiz do município sergipano de Lagarto Marcel Maia Montalvão, que bloqueou os serviços de WhatsApp em todo o país. “Os magnatas dos Estados Unidos precisam respeitar as leis e a magistratura brasileira. A representação contra o juiz sergipano foi esdrúxula. Além de preconceituosa, revelou síndrome de colonizado”, afirmou Henri Clay que é nascido no município de Lagarto.

Veja mais

Apostilamento de documentos

Os cartórios brasileiros começam a atender a partir desta segunda-feira (15/8) pessoas que precisam autenticar documentos emitidos no Brasil que devem ser reconhecidos no exterior, como certidões de nascimento e diplomas. A data será marcada com solenidade no 17º Tabelião de Notas de São Paulo, com a presença do presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski.

Veja mais

Advogado punido

O juiz Eduardo Pio Mascarenhas da Silva, da 13ª Vara Criminal de Goiânia, condenou um advogado a pagar multa de R$ 88 mil por faltar injustificadamente a uma sessão que seria realizada no 1º Tribunal do Júri, no fórum Doutor Heitor Moraes Fleury.

Veja mais

Janot e a Lava Jato

Durante aula inaugural dada no curso de pós-graduação O Ministério Público e os novos paradigmas, promovido pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), o procurador-geral da República (PGR), Rodrigo Janot fez um balanço da Operação Lava Jato. Ele informou que, até o momento, a Lava Jato já cumpriu 574 buscas e apreensões autorizadas em 1º grau de jurisdição e 118 autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja mais