Pertence e o leiteiro

Desde que passou a atuar como advogado em Brasília, José Paulo Sepúlveda Pertence, mineiro de Sabará, gostava de trocar o dia pela noite. Sempre foi notívago. Trabalhava em casa até de manhã cedo e depois ia dormir. Na presidência do STF e do TSE ficou complicado esse sistema de vida. Tinha, com frequência, os pedidos…

Um craque da imagem

Um dos grandes profissionais que conheci nessas mais de quatro décadas de jornalismo em Brasília foi o paranaense de Pato Branco, Evori Gralha. Considerado um dos melhores cinegrafistas da capital da República, Evori trabalhou no início de carreira na Tv Tupi, foi para a Tv Nacional (Radiobras) e logo depois para Tv Globo, onde permaneceu longos anos. Foi também o cinegrafista oficial do presidente José Sarney durante os cinco anos de mandato.

Uma dúzia de seis pães

Morava na QI 13 do Lago Sul, em Brasília, bem perto da padaria Delícia do Ronaldo. Saí cedo de casa para ir trabalhar na OAB Nacional. Antes, porém, passei na Delícia e pedi a funcionária uma dúzia de pãozinho de queijo. Levei para o café com os meus amigos Ligia, Emilia, Valda, Eugenio e Bininha.…