Luz amarela no TSE

Mônica Bergamo – Folha de S.Paulo As greves no funcionalismo acenderam a luz amarela no TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A ministra Cármen Lúcia, que preside a corte, pediu à sua equipe atenção máxima e o estudo de alternativas caso o movimento não arrefeça. Teme que paralisação de polícia e Receita Federal, por exemplo, coloque o…

Veja mais