Execução penal

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, disse na noite desta 2ª feira (29) que usar o caso do ex-presidente Lula para revisar o início da execução penal após condenação em 2ª Instância é “apequenar” o STF. A declaração foi dada em jantar do Poder360-ideias, divisão de eventos do Poder360. O encontro reuniu empresários e jornalistas no Piantella, tradicional restaurante de Brasília.

Veja mais

Crise pode se alastrar pelo país

Bastante preocupado com a onda de violência no estado do Ceará, o presidente da Comissão Nacional de Direitos Humanos da OAB, o advogado alagoano Everaldo Patriota irá reunir amanhã (30) a Comissão no Conselho Federal da OAB. Na reunião, estará presente o membro consultor da Comissão, o advogado Hélio Leitão, ex-secretário de Justiça e Cidadania do Ceará. “É uma situação de calamidade na segurança pública. Esperamos que haja uma voz forte da União, com ou sem intervenção branca, no enfrentamento dessa questão”, disse Patriota. E acrescentou: “Se as duas chacinas não tiverem uma resposta imediata, essa dramática situação pode se repetir em outras unidades da federação. Isso pode desencadear uma crise sem precedentes no país.”

Veja mais