Demissões na Estácio

A juíza Ana Larissa Lopes, da 68ª Vara do Tribunal Regional do Trabalho-RJ (TRT-RJ), concedeu liminar com tutela antecipada em favor do Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro (Sinpro-Rio), obrigando a Universidade Estácio a suspender todas as demissões até que essa instituição de ensino apresente os seguintes documentos:

Veja mais

A propina e o promotor

Um promotor de São Paulo foi demitido pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) menos de dois meses depois de receber promoção no Ministério Público Estadual (MPE). Fernando Góes Grosso perdeu o cargo sob a acusação de ter recebido propina de R$ 240 mil para deixar de denunciar um empresário de Indaiatuba, no interior. No…

Veja mais

Janot de volta

O ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot irá atuar, a partir de fevereiro, quando os membros do Judiciário retornarem do recesso, na Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Na Turma, estão recursos relacionados a investigações que estiveram sob sua responsabilidade quando chefiava o Ministério Público Federal. Como, por exemplo, os processos dos irmãos Joesley…

Veja mais

Morte por uma lata de lixo

Concursado do Ministério Público da União (MPU) e em 2015 remanejado para a Procuradoria-Geral da República (PGR), o segurança Roney Sereno está preso na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), em Brasília, acusado de se envolver em uma briga com vizinhos e que acabou com duas mortes. Pai e filho foram atingidos com sete tiros. Anderson Ferreira de Aguiar, 49 anos e funcionário da Presidência da República, morreu na hora da briga, enquanto seu filho, Rafael Macedo de Aguiar, de 21 anos, chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros mas morreu ao dar entrada no hospital.

Veja mais