Torcedor quebra cadeira

O Juizado do Torcedor e Grandes Eventos do Beira-Rio (RS) condenou um torcedor do Internacional a pagar R$ 520,00 por ter destruído uma cadeira do estádio durante a partida entre o seu clube e o Sampaio Corrêa (MA) na semana passada. A audiência isolada foi presidida pelo Juiz-Plantonista Marco Aurélio Martins Xavier, que homologou acordo entre o clube colorado e um torcedor.

Veja mais

Preso no motel

A 1ª Câmara Civil do TJ de Santa Catarina determinou que um motel do Vale do Itajaí indenize um casal agredido física e moralmente em suas dependências, vítima inclusive de cárcere privado, após ter problemas e não conseguir pagar suas despesas com cartão de crédito. Segundo os autos, o casal não teve êxito ao efetuar o pagamento por indisponibilidade do sistema e, após várias tentativas infrutíferas, o gerente resolveu mantê-lo preso no estabelecimento até a quitação dos gastos.

Veja mais

Arresto para presídios

Em atendimento a um pedido da Defensoria Pública do Rio de Janeiro, a Justiça determinou o arresto imediato de R$ 100 mil do Fundo Estadual de Saúde para a compra de medicamentos e outros insumos para as prisões do Estado. Esta verba veio da União e tem como destino o sistema penitenciário fluminense, mas o governo estadual ainda não fez uso dos recursos. Segundo a decisão, proferida nesta quarta-feira (15), a apreensão dos valores se justifica pela “urgência do caso que envolve a preservação da integridade física dos presos”.

Veja mais

Parentes na prefeitura

O Ministério Público de Sergipe (MP), através do promotor de Justiça Antônio César Leite de Carvalho, responsável pela 1ª Promotoria de Justiça de Lagarto, revelou que já está questionando o gestor Valmir Monteiro (PSC) sobre a nomeação de parentes na prefeitura. Segundo a promotoria, a manifestação de resposta do prefeito deve ser dada num prazo de dez dias.

Veja mais