Sem nomeação para o STF

Michel Temer irá passar pela presidência da República sem nomear um único ministro do STF. A primeira vaga será aberta em 2020, portanto, dentro de quatro anos , quando o ministro Celso de Mello irá completar 75 anos (idade máxima constitucionalmente para continuar usando a toga). Ele irá se igualar a Café Filho que passou pelo governo e não nomeou ninguém para o mais importante tribunal do país. Até Itamar Franco, que completou o mandato de Collor de Mello, conseguiu nomear um ministro para o STF: Mauricio Correa.

Veja mais

Pastoral carcerária

O Termo de Cooperação Técnica assinado pelo Tribunal de Justiça do RN, Arquidiocese de Natal e Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania irá permitir um acompanhamento religioso mínimo às pessoas presas em flagrantes e que são apresentadas a um juiz durante as Audiências de Custódia, realizadas pelo Poder Judiciário na Central de Flagrantes de Natal, no prédio do antigo Grande Hotel, no bairro da Ribeira.

Veja mais

Perda de patentes

As Câmaras Criminais Reunidas do Tribunal de Justiça do Pará declararam a perda de patente dos militares 2º tenente da Polícia Militar Manoel Cardoso dos Santos por conduta irregular, indisciplina e comportamento descompromissado com a corporação militar, e do capitão PM Antônio Jorge Colares Carneiro por transgressão militar de vários preceitos éticos que o tornaram indigno de permanecer nos quadros da Polícia Militar.

Veja mais