Dançou, morreu

O Tribunal do Júri de Caxias do Sul (RS) condenou Adrian de Souza Barros a 14 anos de reclusão, por ter matado, por motivo fútil e mediante recurso que dificultou a defesa da vítima, Marco Aurélio Borges Vieira. O crime aconteceu no dia 21 de setembro de 2014 durante uma festa de aniversário na Chácara do Vinhedos, localidade de Forqueta, em Caxias do Sul.

Veja mais

Justiça Militar

O Superior Tribunal Militar (STM) recebeu a visita de uma comitiva da Defensoria Pública do Timor Leste, uma ilha no sudeste asiático, colonizada pelos portugueses. A delegação acompanhou a sessão de julgamento no plenário do Tribunal e elogiou a especialização da Justiça Militar da União (JMU).

Veja mais

“É preciso globalizar a compaixão”.

Em cerimônia que contou com a presença do ministro Lélio Bentes, do TST e do CNJ, foi lançada, neste domingo, em Nova Délhi, na Índia, uma nova campanha contra o trabalho infantil pelo indiano Kailash Satyarti, prêmio Nobel da Paz de 2014. Lélio, que tem uma vasta atuação em defesa da criança e do adolescente, está na Índia participando como convidado especial do encontro entre laureados do Prêmio Nobel e líderes globais pelos direitos da infância.

Veja mais

Procedimento complexo

De um experiente advogado brasiliense com larga atuação no STF e tribunais superiores sobre a proposta tramitando no Congresso Nacional que estabelece mandato para ministro do STF. A proposta inclui um novo processo de escolha dos futuros ministros e inclui o Conselho Federal da OAB no processo:

Veja mais